Algumas maneiras de melhorar os esforços ao ministrar este ano

Começo de ano. Agora é um grande momento para renovar o seu compromisso de ter um desempenho melhor na ministração do que o ano passado. Aqui estão algumas maneiras para enriquecer sua ministração este ano:

Você conhece seu vizinho?

Pode ser muito difícil servir as pessoas se você não sabe muito sobre a vida delas, seus interesses, suas necessidades e seus desafios. Nós não precisamos conhecer os segredos mais profundos, mas ajudaria saber que seus netos estão vindo visitar na próxima semana, sua esposa esteve doente por diversos vários dias ou que farão uma cirurgia mês que vem. Descubra um pouco mais sobre os irmãos ou irmãs a quem ministra este ano, faça-lhes uma visita, dê um telefonema, estejam conectados pelas mídias sociais ou envie-lhes uma mensagem de texto para ver se estão bem.

Algumas das coisas favoritas deles

Apenas observar os irmãos ou irmãs a quem você ministra para conhecer seus gostos e desgostos pode ajudar você a aumentar a qualidade de seu serviço. Se você sabe qual é o sabor de bolo preferido deles, faça um quando ler no Facebook que eles estão tendo um dia difícil. Se você sabe que eles adoram ler, empreste o último livro que você leu e do qual gostou. Nós todos sentimos um pouco mais amado quando alguém reserva tempo para nos conhecer mais do que apenas superficialmente.

Lembretes

Definira um alarme em seu telefone ou coloque um nota bilhete na geladeira para manter os irmãos ou irmãs a quem ministra no pensamentos. Podem parecer mecânico, mas nossa agenda ocupada precisa de pequenos lembrete. Em conjunto com o nosso compromisso de escutar a voz mansa e delicada do Espírito Santo, estes pequenos sussurros externos nos ajudarão a manter o foco em servir o nosso próximo.

Por coisas pequenas e simples

Às vezes, uma pequena e simples solicitação para fazer uma coisa pequena e simples pode fazer toda a diferença do mundo para alguém. Conhecemos muitas histórias sobre pessoas que fazem telefonemas a outras na hora certa ou recebe um vaso de flores no momento exato que necessitavam ser amadas.

Apoie toda a família

Lembro-me de uma doce irmã na minha antiga ala que apoiava não apenas suas irmãs da Sociedade de Socorro, mas também suas famílias. Quando era o primeiro dia de escola, ela levava para as crianças um pequeno saco de lanche e um cartão de boa sorte. Quando a juventude realizada com sucesso em um concerto ou recital de dança, ela enviava-lhes um bilhete de felicitação com uma pequena barra de chocolate. Além disso, esta irmã, muitas vezes fazia um esforço para assistir aos eventos especiais dos quais as crianças participaram, seja um jogo de futebol ou uma peça escolar. Faz muita diferença para uma criança ou os pais saber que você reservará tempo para apoiá-los.

Conectar-se por meio das mídias sociais

Vivemos em um mundo em ritmo acelerado, onde às vezes é difícil de se conectar na vida real com outras pessoas, até mesmo com os vizinhos! Não use isso como desculpa para não se comunicar com os irmãos ou irmãs que você ministra. Chegue até eles por meio da tecnologia, se necessário! Se eles têm uma conta no Facebook ou Instagram, faça um comentário positivo em seus posts de vez em quando. Uma palavra amável é uma palavra amável, seja digitada ou falada.

Um é o número mais solitário

Você ministra a um irmão ou irmã que mora sozinho? Você já considerou que as atividades simples de ir às compras, assistir a um filme ou comer fora em um restaurante pode ser solitária para eles? Este ano, considere convidá-los para almoçar ou fazer algo juntos fora de casa. Nunca se sabe o quanto conectar com outra pessoa pode significar para eles, principalmente quando passam a maioria do dia sozinhos.

Ouvidos para ouvir

Meu marido costumava se referir ao programa de Professoras visitantes como “Professoras ouvintes”. Tomei isso como um pouco de um insulto, mas olhando para trás, foi talvez mais um elogio. Às vezes o serviço e o amor são mostrados apenas deixando alguém falar. Ter ouvidos para ouvir é uma forma de mostrar amor e compaixão cristã, principalmente quando fazemos isso para alguém que não tem muitas vezes um amigo para conversar.

Seguir os sussurros

Ao se esforça para melhorar seus esforços para ministrar este ano, tenha em mente uma das citações favoritas da irmã Camilla Kimball:

“Nunca deixe de ouvir um sussurro para fazer o bem”.

Não importa o quão insignificante pode parecer (ou o quão estranho), se o ato que você sente que deve fazer vai edificar alguém, então provavelmente é exatamente o que Deus sabe que eles precisam. E se você aceitar o desafio, você é exatamente o caminho para que essas pessoas recebam o que precisam.

Fonte: ThirdHour

Relacionado:

7 maneiras simples de utilizar ferramentas tecnológicas ao ministrar

Um comentário em “Algumas maneiras de melhorar os esforços ao ministrar este ano

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *