Você se torna aquilo que admira

Eis algumas frases famosas para começarmos a pensar no assunto: “Todos os seus sonhos podem se tornar realidade se você tiver coragem para persegui-los” e “Como um homem pensa em seu coração, assim ele é”, a primeira frase é atribuída a Walt Disney e a segunda ao rei Salomão.

Essas frases expressam a verdade também dita na escritura de Mateus 6:21:

“Pois onde estiver o seu tesouro, aí também estará o seu coração.”

Tudo aquilo que admiramos exerce uma influência sobre nós. Essa influência pode ser positiva ou negativa. Precisamos estar atentos. Certa vez, li uma frase, cujo autor desconheço que diz mais ou menos o seguinte:

“Atraia o que você espera. Reflita o que você deseja. Torne-se o que você respeita. Espelhe-se no que você admira.”

desafio das mídias sociais

Já notou que quando passamos muito tempo na Igreja, começamos a pensar e agir diferente? Temos um desejo ardente dentro de nós de não fazer o mal, mas sim de praticar o bem continuamente (Mosias 2:2). Quando ouvimos um discurso sobre a obra missionária, saímos empolgados e cheios de energia pensando em referências para os missionários.  Quem nunca?

De forma semelhante, quando passamos muito tempo admirando outras coisas ou outras pessoas, nós nos tornamos semelhantes àquilo ou àquelas pessoas. O linguajar é um exemplo claro disso. Quando gostamos muito de uma expressão, o que acontece? Começamos a usá-la repetidas vezes! Nós nos tornamos aquilo que admiramos.

Pare um instante para pensar: quão parecido (a) você é daquela pessoa que você admira?

O autor José Luiz Tejon escreveu que: “Todo ser humano é o resultado daquilo que pensa.” E poderíamos concluir também, que todo ser humano é resultado daquilo que admira.

Nossos amigos, por exemplo, devem ser pessoas boas que possamos admirar, pois eles nos influenciarão grandemente. No livreto “Para o Vigor da Juventude”, lemos:

“Todos precisam de amigos bons e verdadeiros. Eles são uma grande força e bênção para você. Eles vão influenciar muito o seu modo de pensar e de agir e até ajudar a determinar a pessoa na qual você vai-se tornar. Eles vão ajudar você a ser uma pessoa melhor e fazer com que seja mais fácil viver o evangelho de Jesus Cristo. Escolha amigos que compartilhem seus valores para que possam fortalecer e incentivar uns aos outros a viver padrões elevados.”

As mídias também nos influenciam. É necessário notar quis tipos de conteúdos, estamos admirando. Na seção “Diversão e Mídia”, do livreto “Para o Vigor da Juventude”, lemos:

“Você vive em uma época de tecnologias maravilhosas, que lhe proporciona fácil acesso a uma grande variedade de mídia, inclusive a Internet, os dispositivos móveis, os videogames, a televisão, o cinema, a música, os livros e as revistas. As informações e as diversões oferecidas por essas mídias podem aumentar sua capacidade de aprender, comunicar-se e tornar-se uma força para o bem no mundo. Entretanto, algumas informações e diversões podem desviar você de um viver reto. Escolha sabiamente as mídias que usa, porque tudo o que ler, ouvir ou vir exercerá influência sobre você. Escolha apenas mídias que sejam edificantes.”

Não podemos deixar entrar em nossa mente e em nosso coração, conteúdos e relacionamentos destrutivos. Devemos estar atentos a tudo que normalmente admiramos, porque isso, certamente nós influenciará ou já está influenciando!

Relacionado:

“Por seus frutos os conhecereis”: como discernir boas mídias das ruins

2 comentários em “Você se torna aquilo que admira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *