3 coisas para se lembrar quando o amor de Deus parece distante

Ao enfrentar os desafios que se colocam na sua frente, você inevitavelmente se depara com o véu do esquecimento, que o impede de lembrar da sua existência pré-mortal. Nesses momentos é fácil sentir-se triste. Sozinho. Esquecido. Não amado.

Esses sentimentos são reais. Mas não são um retrato da realidade.

Sentir-se sozinho é parte da mortalidade

Não importa o que está acontecendo ao seu redor neste mundo decaído e degenerado, apesar do comportamento das pessoas ao seu redor, saiba que você é amado com um amor tão completo e abrangente e interminável que está inteiramente além de sua capacidade mortal a compreender. E esse amor vem do maior de todos — o “criador das estrelas”, que “prefere morrer por você do que viver sem você” (Max Lucado, Traveling Light. Nashville, Tennessee Thomas Nelson Inc. / HarperCollins, 2009).

A mortalidade é um lugar perigoso de estar. Você foi enviado por um Deus que prometeu cuidar de você, protegê-lo e guiá-lo ao vivenciar essas coisas que servem para que você consiga voltar para casa. Você está coberto pela Expiação infinita de um Salvador que pagou o preço por todos os erros que você poderia cometer. Juntos, seu Salvador e seu Pai Celestial querem que você “veja por espelho em enigma” (1 Coríntios 13:12) — para vislumbrar através do véu do esquecimento e ver, mesmo que por apenas um instante, a criatura magnífica que você é. Eles edificam e inspiram de longe e amam você demais.

falará

He restoreth my soul – de Yongsung Kim.

Você vale muito

Vivemos em um mundo fustigado por tendências temporais e com alto senso de competição: se outro faz bem, significa que sou menos. Menos brilhante. Menos capaz. Menos digno. E tudo se torna um concurso triste, distorcido de comparação em que as pessoas tentam alcançar o que parece um equilíbrio. Mas no cômputo divino do nosso Pai Celestial, não há ninguém menos. Aos olhos Dele, somos todos de igual valor.

O Élder Holland explicou desta forma:

“Testifico que nenhum de nós é menos amado ou menos querido por Deus do que outros. Testifico que Ele ama a cada um de nós — com nossas inseguranças, ansiedades e nossa autoimagem. Ele não nos julga por nossos talentos ou nossa aparência; Ele não nos julga por nossa profissão nem por nossas posses. Ele vibra com todo corredor, alertando-os que a corrida é contra o pecado, não uns contra os outros.

falará

Não importa a dificuldade das suas provações, Seu amor está sempre presente

Ao enfrentar as adversidades, você definitivamente não está sozinho.

O Élder Holland escreveu:

“Os testes na vida são adaptados para nossos próprios interesses, e todos terão de enfrentar os encargos que melhor se adaptem à sua própria experiência mortal. No final perceberemos que Deus é misericordioso e justo e que todas as regras são justas. Podemos ter certeza de que nossos desafios serão os que precisávamos, e vencê-los trará bênçãos que não poderiam ser recebidas de nenhuma outra maneira (Jeffrey R. Holland, Created for Greater Things. Salt Lake City: Deseret Book, 2011).

Então onde quer que esteja, quaisquer que sejam suas circunstâncias, saiba que você está seguro e protegido para sempre por Seu magnífico amor. Nunca desista, não importa o grau de dificuldade das coisas. Jamais se esqueça de que Ele está presente, só que além do véu, querendo que você seja bem-sucedido, esperando que volte para casa. Jamais se esqueça disso, porque você pode ter certeza de que Ele jamais se esquecerá de você.

 

Fonte: LDSLiving.com

Relacionado:

7 Coisas Para Se Lembrar Quando Você Sentir Que Deus O Abandonou

Deus ama você e está mais próximo quando você se sente mais sozinho

 

The post 3 coisas para se lembrar quando o amor de Deus parece distante appeared first on Mormonsud.net.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *