3 maneiras de encontrar alegria no arrependimento

Jesus Cristo chama Seus discípulos ao arrependimento. Em Tópicos do Evangelho, lemos que o arrependimento “é uma mudança na mente e no coração que nos dá uma nova perspectiva sobre Deus, sobre nós mesmos e sobre o mundo.”

Isto inclui o processo de “pessoa se afasta do mal e volta o seu coração e a sua vontade a Deus, sujeitando-se aos mandamentos e aos propósitos do Senhor e abandonando o pecado.” O arrependimento não é opcional. É um mandamento.

Aprendemos em Alma 26:22 que aqueles que se arrependerem, exercerem fé e produzirem boas obras chegarão a “conhecer os mistérios de Deus.”

Claramente, o arrependimento é um princípio do evangelho que precisamos abraçar e participar ativamente.

No entanto, muitas vezes enquadramos o arrependimento como uma experiência dolorosa e negativa que devemos evitar, se pudermos.

O arrependimento é muito mais do que isso. Na verdade, o Presidente Russell M. Nelson disse que o arrependimento é “um privilégio interminável.”

Como podemos reformular o arrependimento em nossas mentes para vê-lo como uma alegre reunião com Deus? Confira essas três ideias.

Aprenda sobre a natureza de Deus

dez dias sem mídias sociais

Temos Pais Celestiais. Quanto mais aprendemos sobre a natureza de Deus, mais confiança teremos no plano de salvação e no desejo dos céus de nos ajudar a alcançar nossos objetivos justos.

Para a maioria das pessoas, o medo ou o terror de Deus e Sua retribuição ocorrem porque não O conhecemos. Comece estudando a página “Deus o Pai” e os recursos que a acompanham.

Concentre-se em seu progresso eterno

Quando falamos de nos arrependermos diariamente, não se trata de criar uma lista de todas as formas de falharmos e de nos martirizarmos por isso.

Os nossos Pais Celestiais enviaram-nos à mortalidade para sermos bem-sucedidos. Precisamos nos arrepender de nossos pecados, mas também precisamos ganhar uma visão de nosso destino eterno e trabalhar para isso.

Como podemos fazer isto? Leia sua bênção patriarcal e identifique seus dons e talentos naturais. Procure objetivos e promessas em que que você pode trabalhar.

Arrependa-se imediatamente

Em algum momento, todos pecaremos. Quando esses momentos vierem, não hesite em voltar-se para Deus. Não deixes que Satanás envergonhe e esconda você da multidão de recursos à sua disposição.

Assim que reconhecer o que fez de errado, vá corajosamente ao trono de Deus e peça perdão. Não habite no ódio a si mesmo, mas se esforce para fazer ajustes razoáveis para mudar e evitar o pecado no futuro.

Em todas as coisas, devemos lembrar das palavras do Élder Dieter F. Uchtdorf:

“O verdadeiro arrependimento tem a ver com transformação, não com tortura ou tormento.”

Pense nisso e compartilhe conosco quais são as maneiras que você encontra para que o arrependimento seja um processo de alegria.

Fonte: LDS Daily

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *