Presidente Nelson ensina três maneiras de encontrar paz em Cristo

Esse artigo é baseado no Livro do “Accomplishing the Impossible: What God Does, What We Can Do” (Conquistando o Impossível: O que Deus faz, o que nós podemos fazer), escrito pelo Presidente Russell M. Nelson

A paz é alcançada por todos aqueles que buscam sinceramente pelo Príncipe da Paz. Ele é a doce e salvadora mensagem que nossos missionários levam ao mundo.

Eles ensinam o evangelho de Jesus Cristo da maneira que foi restaurado por Ele através do Profeta Joseph Smith.

Os missionários ensinam as seguintes palavras de salvação do Senhor: “Se me amais, guardai os meus mandamentos”.

A paz pode ser alcançada por todos aqueles que escolhem andar nos caminhos do Mestre. O convite Dele é feito através das palavras de amor: “Vem, e segue-me”.

O Livro de Mórmon fala de Jesus Cristo

Uma das maneiras que encontramos paz ao seguir Cristo é ao viver os atributos que Ele nos deu o exemplo.

A maioria dos cristãos estão familiarizados com os atributos de Jesus Cristo descritos na Bíblia. Eles se maravilham com o amor que Ele demonstrou pelo pobre, pelo doente e pelo oprimido.

Aqueles que se consideravam discípulos Dele também se esforçaram para imitar o exemplo Dele e seguir a amada exortação a Seus apóstolos: “Amemo-nos uns aos outros, porque o amor é de Deus, e qualquer que ama é nascido de Deus e conhece a Deus… porque Deus é amor”.

Esse conceito é esclarecido pelo Livro de Mórmon. O Livro de Mórmon descreve como uma pessoa nasce de Deus e como uma pessoa ganha o poder de amar como Ele ama.

Identificamos três princípios fundamentais que trazem o pode poder do amor de Deus para nossas vidas.

Primeiro, o Livro de Mórmon ensina que exercer fé em Cristo, fazer convênios com Ele de guardar os Seus mandamentos é a chave para renascer espiritualmente.

No Livro de Mórmon para as pessoas que fizeram tais convênios, o Rei Benjamin comentou:

“E agora, por causa do convênio que fizestes, sereis chamados progênie de Cristo, filhos e filhas dele, porque eis que neste dia ele vos gerou espiritualmente; pois dizeis que vosso coração se transformou pela fé em seu nome; portanto, nascestes dele e vos tornastes seus filhos e suas filhas.”

Segundo, o próprio Salvador ensina que o poder para se tornar mais como Ele, vem através de fazer as ordenanças do evangelho:

“Ora, este é o mandamento: Arrependei-vos todos vós, confins da Terra; vinde a mim e sede batizados em meu nome, a fim de que sejais santificados, recebendo o Espírito Santo, para comparecerdes sem mancha perante mim no último dia.”

Terceiro, Ele nos exorta a seguir o Seu exemplo ao perguntar “Que tipo de homens devereis ser?” E então ele responde “Em verdade vos digo que devereis ser como eu sou”. Ele quer verdadeiramente que nos tornemos mais parecidos com Ele.

Alguns dos exemplos mais sublimes de Seu amor estão registrados no Livro de Mórmon. Esses exemplos podem ser aplicados em nossas vidas, ao nos esforçarmos para nos tornarmos mais como o Senhor é.

Foi o amor Dele por Leí e sua família – e o amor deles por Ele – que os fizeram chegar até as Américas, a terra prometida, onde todos prosperaram.

Foi o amor de Deus por nós que O levou a ordenar séculos atrás que os profetas nefitas a manter um registro sagrado de seu povo. As lições registradas relacionadas com a nossa salvação e exaltação.

Esses ensinamentos se encontram no Livro de Mórmon. Esse texto sagrado é uma prova tangível do amor de Deus por todos os Seus filhos ao redor do mundo.

Foi o amor de Cristo por Sua “outra ovelha” que O trouxe até o Novo Mundo. Aprendemos no Livro de Mórmon que grandes desastres naturais e três dias de escuridão caíram sobre o Novo Mundo após a morte do Senhor no Velho Mundo.

Então, o Senhor glorificado e ressuscitado desceu dos céus e ministrou entre as pessoas do Novo Mundo. Ele disse:

“E eis que eu sou a luz e a vida do mundo; e bebi da taça amarga que o Pai me deu e glorifiquei o Pai, tomando sobre mim os pecados do mundo”.

Então, ele proporcionou uma das mais íntimas experiências que qualquer pessoa poderia ter com Ele, ao convidá-los para sentir as feridas em Seu lado, e a marca dos pregos em Suas mãos e pés, para que eles tivessem certeza de que ele era “o Deus de Israel e o Deus de toda a Terra e [foi] morto pelos pecados do mundo”.

Jesus então, deu a seus discípulos a autoridade de batizar, conferir o dom do Espírito Santo e administrar o sacramento. Ele deu a eles o poder para estabelecer a Igreja entre eles, ao serem liderados por 12 discípulos.

Cristo ensinou a eles alguns dos ensinamentos fundamentais que Ele tinha dado a Seus discípulos no Velho Mundo. Ele ajoelhou e orou ao Pai através de palavras tão poderosas e sagradas que eles não puderam registrar.

A oração dele foi tão cheia de poder que aqueles que O ouviram estavam cheios de alegria. Eles estavam cheios do amor de Cristo por meio da fé deles, o próprio Jesus chorou.

Ele profetizou sobre a obra de Deus que aconteceria nos séculos antecessores ao seu prometido advento da Segunda Vinda.

Então, Cristo pediu que trouxessem as criancinhas até Ele.

“Levaram, pois, suas criancinhas e colocaram-nas no chão, ao redor dele; e Jesus ficou no meio; e a multidão cedeu espaço até que todas as crianças fossem levadas a ele.

E pegou as criancinhas, uma a uma, e abençoou-as e orou por elas ao Pai.

E depois de haver feito isso, chorou de novo;

E dirigindo-se à multidão, disse-lhes: Olhai para vossas criancinhas.

E ao olharem, lançaram o olhar ao céu e viram os céus abertos e anjos descendo dos céus, como se estivessem no meio de fogo; e eles desceram e acercaram aqueles pequeninos e eles foram rodeados por fogo; e os anjos ministraram entre eles.”

O amor de Deus é tão puro e poderoso, assim como é revelado no Livro de Mórmon.

Nesses últimos dias, somos privilegiados por ter o Livro de Mórmon, por ser membros da Igreja do Senhor, por ter o Seu evangelho e porque guardamos os mandamentos Dele, conhecemos um pouco do amor infinito de Deus.

jesus cristo

Sabemos como transformar o amor Dele em nosso amor. Ao nos tornarmos verdadeiros discípulos de Cristo, ganhamos o poder de amar como Ele ama.

Ao guardarmos os mandamentos Dele, nos tornamos mais como Ele é. Ampliamos nosso círculo pessoal de amor ao alcançar pessoas de todas as nações, tribos e línguas.

Todos daremos graças ao Príncipe da Paz e do Amor! Ele retornará. Então “a glória do Senhor se manifestará, e toda a carne juntamente verá”. Como o Messias do Milênio, ele reinará como Rei dos reis, e Senhor dos senhores.

Ao seguirmos Jesus Cristo, seremos levados a viver com Ele e nosso Pai Celestial, com as nossas famílias.

Através dos muitos desafios da mortalidade, se permanecermos fiéis aos convênios que fizemos, se perseverarmos até o fim, nos qualificaremos para o maior entre todos os dons de Deus, a vida eterna.

Fonte: LDSLiving

Relacionado:

Mensagem do Presidente Nelson para os membros na Venezuela

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *