Uma visita à cidade natal do Élder Holland e pequenas histórias de sua família

Durante o RootsTech Connect 2021, os espectadores do evento tiveram a oportunidade e acompanhar o Élder Jeffrey R. Holland e sua esposa Patricia Holland, em um passeio por St. George, Utah, e de ouvir maravilhosas histórias, testemunhos e promessas.

Antes de iniciar o passeio, o casal Holland começou compartilhando lindas histórias sobre seus ancestrais e como as histórias de seus ancestrais acabaram se tornando as histórias um do outro.

Patricia e Jeffrey se conheceram na escola, em St George, Utah, depois que Pat se mudou para a cidade.

Na época ele era um aluno do ensino fundamental e ouviu sobre uma bela moça chamada Patricia Terry que havia acabado de se mudar para a cidade.

A irmã Holland relembrou como mudar de uma pequena cidade como Enterprise, Utah, a fez pensar que St. Geroge era como Nova York e como ela estava apavorada. Eles logo se conheceram e contaram um pouco sobre essa experiência.

“Eu não pensei que teria a chance de conhecê-la ou sair com ela”, disse o Élder Holland. “Ela era o centro das atenções de todos, e eu era muito tímido.”

A irmã Holland respondeu: “Você nunca foi tímido.”

Alguns meses depois de se conhecerem, a irmã Holland disse que escreveu uma carta ao primo sobre um rapaz popular, “excessivamente confiante”, chamado Jeff Holland, que adorava provocá-la. “Não gosto nada dele”, lembra-se de escrever. “Mas um dia vou casar com ele”.

Ao mostrarem como aquela cidade tem tanto para contar sobre a história de sua família, eles também enfatizaram que a conexão com Deus é a conexão mais importante de todas.

Se conecte com Deus em primeiro lugar e todas as outras conexões se encaixarão, disse Elder Holland. “Então, e só então, você encontrará o seu verdadeiro lugar e seu eterno pertencer”.

Depois de visitarem alguns outros lugares importantes para a família, o Élder e a irmã Holland e os seus filhos foram até à loja do Judd, onde, quando adolescentes, costumavam se encher de refrigerantes e doces. Desta vez, eles levaram alguns netos.

“Quando os problemas chegam e você enfrenta as dificuldades deste mundo, você tem três coisas: você tem sua fé, você tem seus amigos, e você tem sua família”, disse o Élder Holland aos seus netos. “Em nossa infância tivemos uma abundância de todos os três”, disse ele.

Mais tarde os filhos do casal, Mary, David e Matthew compartilharam suas experiências de construção de testemunhos de sua infância.

Mary se lembrou que sua família uma vez planejou um jantar para “pessoas realmente especiais”.

Quando seu pai levou as crianças para buscá-las e voltou para casa sem nenhum convidado, as crianças ficaram confusas. Depois ele disse: “Vocês são as nossas pessoas especiais. Na verdade, vocês são as pessoas mais importantes que conhecemos.”

“Nunca me esqueci disso”, disse ela. “Acredito que esse tipo de amor e identidade constrói uma segurança em uma criança que não pode ser igualada. Isso é algo que eu sei que sempre tentei passar para os meus próprios filhos e certificar-me que eles sabem que eles são as minhas pessoas mais importantes.”

David lembrou uma vez que ele e seu pai receberam respostas separadas para suas orações ao ler um versículo do Livro de Mórmon no carro.

As escrituras também desempenharam um papel muito importante na adolescência de Matthew, como ele aprendeu com as palavras de sua mãe “buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas” (Mateus 6:33).

Ela completou “lembre-se que tão importante quanto a escola, os amigos, os esportes não são tão importantes quanto o reino de Deus. Coloque isso primeiro em sua vida, e todas as coisas em sua vida irão melhorar”.

O Élder Holland disse aos espectadores, “se o Salvador do mundo pode usar o pequeno Jeff Holland da pequena e velha St. George, Utah, para realizar o seu trabalho, ele pode e certamente irá usar você.

“Ao servir, prometo que encontrará o seu próprio lugar na família de Deus. A realidade da sua ligação a ele e aos outros irá entrar profundamente em seu coração e em sua mente. Esse conhecimento mudará você, talvez mudará você dramaticamente, à medida que se tornar cada vez mais próximo Dele e cada vez mais parecido com ele”.

O apóstolo também falou sobre como nenhuma família é perfeita e sempre teremos desafios.

“Agora não se deixe enganar pelo que você viu hoje. Nenhuma família é perfeita, e certamente a nossa não é”.

Momentos de tristeza, dor e provação “forjaram laços ainda mais fortes, enquanto confiávamos um no outro e no Senhor”, disse ele.

“Se você for fiel e cumprir os seus convênios com o Senhor, prometo que todas as oportunidades e todas as bênçãos desfrutadas pelos outros lhe serão concedidas no calendário divino do Senhor”.

Não importa quando essas bênçãos futuras são concedidas, “você é agora, e será, parte de uma família”, disse Elder Holland.

“Agora me ouça sobre este ponto crucial: prometo a você que é [através] da nossa história familiar pessoal, e a experiência do templo, que descobrimos a realidade da nossa relação eterna como irmãos e irmãs na família de Deus”.

“Essa grande realização pode reparar fendas familiares, se houver alguma. Pode curar corações feridos, se houver algum. E pode unificar relações tensas de outra forma, se houver alguma — tudo de uma forma inegavelmente poderosa”.

“Se entendêssemos esta verdade, quão melhor trataríamos uns aos outros, como levantaríamos as mãos que estão para baixo e fortaleceríamos joelhos fracos. Não vamos apenas chamar um ao outro ‘irmão’ e ‘irmã’ – vamos mostrar um ao outro o que significa quando percebemos que somos uma grande família eterna”.

Se você ainda não assistiu a esse incrível passeio pela cidade e pela história do Élder Holland e sua esposa, não perca. É uma experiência cheia de amor, esperança e da importância das conexões que criamos na vida.

E você, já assistiu? O que você achou? Deixe nos comentários!

Fonte: Church News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *