Algumas curiosidades sobre a Bíblia que talvez você não sabia

Há uma várias coisas para aprender sobre a Bíblia, sua história, seu impacto e suas peculiaridades. Abaixo está uma lista de apenas algumas curiosidades incríveis. Algumas são apenas fatos divertidos e outras são informativas. Além disso, ainda há muito a se conhecer.

1. Três reis magos?

Você conhece a história. Três homens de aparência extravagante montados em camelos que presenteiam o menino Jesus com ouro, incenso e mirra. Bem, na Bíblia não diz quantos sábios apareceram. Poderia ter sido dois… ou vinte. Quem sabe?! Ah! Jesus não era mais bebê quando eles chegaram.

2. Os livros da Bíblia estão organizados por estilo literário, não por cronologia

Aqui está uma visão geral de como os livros da Bíblia estão agrupados:

Velho Testamento

  • Livros de Moisés (A Lei): Gênesis, Êxodo, Levítico, Números e Deuteronômio.
  • Livros históricos: Josué, Juízes, Rute, I e II Samuel, I e II Reis, I e II Crônicas, Esdras, Neemias e Ester.
  • Livros de sabedoria: Jó, Salmos, Provérbios, Eclesiastes, Cantares de Salomão.
  • Palavras dos profetas: Isaías, Jeremias, Lamentações, Ezequiel, Daniel, Oseias, Joel, Amós, Obadias, Jonas, Miqueias, Naum, Habacuque, Sofonias, Ageu, Zacarias e Malaquias.

Novo Testamento

  • Os evangelhos: Mateus, Marcos, Lucas e João.
  • A história: Atos dos apóstolos.
  • As Epístolas: Romanos, I e II Coríntios, Gálatas, Efésios, Filipenses, Colossenses, I e II Tessalonicenses, I e II Timóteo, Tito, Filemom, Hebreus, Tiago, I e II Pedro, I, II e III João e Judas.
  • Escritos/profecias apocalípticas: Apocalipse.

3. Que Sermão!

Em Atos 20, lemos sobre um menino que estava presente em um dos sermões de Paulo. O apóstolo falou por tanto tempo que o menino adormeceu, caiu “do terceiro andar” e morreu. Não se preocupe, Paulo aparentemente o reviveu posteriormente.

4. Três continentes

Os eventos da Bíblia aconteceram em três continentes diferentes: África, Europa e Ásia.

5. Os Apócrifos

O Velho Testamento termina com o livro de Malaquias, cerca de 400 anos antes do nascimento de Cristo e do início do registro do Novo Testamento. Muito do que aconteceu nestes 400 anos, está contido nos livros Apócrifos. Os apócrifos são aceitos como escritura pela Igreja Católica, mas não são aceitos pela maioria das outras denominações cristãs. A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias acredita no seguinte (Seção de Doutrina e Convênios 91):

 “Em verdade, assim vos diz o Senhor com referência aos Apócrifos: Há muitas coisas neles que são verdadeiras e estão, na maior parte, traduzidas corretamente. Há muitas coisas neles que não são verdadeiras, que são acréscimos feitos pelas mãos de homens. Em verdade vos digo que não é necessário que se traduzam os Apócrifos.

Portanto, aquele que os ler que compreenda, pois o Espírito manifesta a verdade; E aquele que for iluminado pelo Espírito se beneficiará com eles; E aquele que não receber pelo Espírito não poderá ser beneficiado. Portanto, não é necessário que sejam traduzidos. Amém.”

6. A Torá

Você já deve ter ouvido que os da fé judaica reverenciam a “Torá” como escritura sagrada (também conhecido como Pentateuco). A Torá são os cinco livros de Moisés encontrados no Velho Testamento: Gênesis, Êxodo, Levítico, Números e Deuteronômio.

7. O Credo Niceno-Constantinopolitano

Pense no Credo Niceno como a primeira tentativa de líderes cristãos em compilar as próprias “Regras de Fé”. O Credo Niceno foi o resultado do primeiro Concílio de Niceia (em algum lugar onde atualmente é a Turquia) que ocorreu em 325 a.C. O Concílio foi convocado principalmente para resolver uma questão doutrinária que havia surgido entre os cristãos em Alexandria: Qual é a natureza de Deus, o Pai e de Jesus Cristo?

A conclusão do Concílio, por quase unanimidade de votos, adotou uma perspectiva diferente: que Jesus Cristo, o Filho de Deus, foi “gerado, não feito, consubstancial ao Pai”. A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias não acredita que o Credo Niceno-Constantinopolitano é totalmente preciso. Esse Credo, ensinou que Deus, o Pai, Jesus Cristo e o Espírito Santo eram três pessoas em um único ser. Cremos que Deus o Pai, Jesus Cristo e o Espírito Santo são seres distintos, mas unos em propósito.

Aprendeu alguma coisa? Compartilhe conosco nos comentários!

 

Fonte: ThirdHour

Relacionado:

Não Acredite nos Boatos: Os Mórmons Estudam a Bíblia Sim!

The post Algumas curiosidades sobre a Bíblia que talvez você não sabia appeared first on maisfe.org.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *