Após um ano, confira o que mudou no uso do nome da Igreja

Há exatamente um ano – apenas meses após ter sido apoiado como o 17º presidente da Igreja de Jesus Cristo de Santos dos Último Dias – Presidente Russell M. Nelson fez um grande anúncio todos os membros da Igreja do mundo.

“Recebi do Senhor uma inspiração referente ao nome que Ele revelou para Sua Igreja, sim, A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias” declarado no dia 16 de agosto de 2018.

“Temos a tarefa de nos colocar em harmonia com Sua vontade. Nas últimas semanas, vários líderes e departamentos da Igreja têm tomado as medidas necessárias para que isso aconteça.

Mudanças

A declaração agitou as mídias sociais e desencadeou uma atualização nos recursos da Igreja. Nos meses após a publicação, os líderes da Igreja renomearam inúmeros canais de comunicação; sites, perfis nas mídias sociais, aplicativos, e os domínios de e-mail também foram impactados.

“É um testemunho do que pode ser feito com uma liderança forte e decisiva”, disse o historiador Patrick Q. Mason, professor titular da Divisão de História e Cultura Mórmon da Utah State University.

O presidente Nelson “aplicou completamente o manto da liderança” a respeito do uso do nome completo da Igreja, disse. “Isto foi um esforço diligente e combinado de cima para baixo.”

Usar o nome correto da Igreja

Em outubro de 2018, o Presidente Russell M. Nelson declarou perante a uma congregação mundial e enfatizou o nome de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, dizendo que ele se sentiu “compelido a falar sobre um assunto de grande importância”.

“O nome da Igreja não é negociável”, disse Presidente Nelson. “Quando o Salvador declara nitidamente qual deve ser o nome de Sua Igreja… Ele está falando sério. E se permitimos que apelidos sejam usados ou adotamos ou até mesmo apoiamos esses apelidos, Ele Se ofende.”

“O Coro do Tabernáculo na Praça do Templo”

Apenas dois dias antes do discurso histórico do Presidente Nelson, o mundialmente renomado Coro do Tabernáculo Mórmon mudou seu nome para “O Coro do Tabernáculo na Praça do Templo”. Foi um nome que durou mais de 100 anos.

“Um novo nome para o Coro do Tabernáculo representará uma mudança depois de tantos anos”, disse Ron Jarrett, presidente do coro. “O nome pode mudar, mas tudo que as pessoas conhecem e amam no coro não somente continuaram as mesmas mas ficará cada vez melhor.”

Scott Barrick, gerente geral do Coro do Tabernáculo, disse que a Primeira Presidência pediu à liderança do coral em junho de 2018 para estudar a substituição do “Mórmon” em seu nome.

Eles analisaram várias opções diferentes e até consideraram pedir que não houvesse um nome. “Mas logo percebemos que, para o coro desempenhar seu papel dentro da Igreja, apoiar a missão da Igreja, não poderíamos ter o coro com um nome que não fosse mais condizente com a direção geral da Igreja.”

Sem muito alarde, o coro anunciou a mudança. O novo nome foi usado publicamente pela primeira vez na conferência geral da Igreja em outubro de 2018.

“Tentamos nos concentrar no que não estava mudando”, disse Barrick. “O significado histórico do coro, a conexão com o nosso lar no tabernáculo, a música e todo o grande legado por trás do nome do coro.”

Barrick disse que a mudança de nome preparou o palco para outras mudanças que se seguiram.

coro

O Coro do Tabernáculo se apresenta em Weill Hall, no Green Music Center, em Rohnert Park, Califórnia, na quarta-feira, 27 de junho de 2018.
Crédito: Kristin Murphy, Deseret News

Cristo no centro de nossas vidas

Em 5 de março, a Primeira Presidência anunciou mudanças nos nomes de LDS.org, Mormon.org e outros canais de comunicação da Igreja.

Como resultado:

  • LDS.org tornou-se ChurchofJesusChrist.org.
  • Mormon.org mudou para ComeUntoChrist.org. (VindeaCristo.org em português)
  • Os perfis nas mídias sociais da igreja agora enfatizam o nome da Igreja do Salvador.

“Jesus Cristo está no centro de Sua Igreja e seremos abençoados ao nos esforçarmos para torná-Lo o centro de nossas vidas”, escreveu a Primeira Presidência na carta intitulada “Usar o nome correto da Igreja”.

Uma mudança gradual

Keith A. Erekson, diretor da Biblioteca de História da Igreja, disse que usar o nome da Igreja recebido por revelação foi uma decisão com muitas ramificações. O indicador mais claro do tamanho disso: “quanto tempo leva para acontecer”.

A Igreja “pode mudar o nome do coro e gradualmente começar pelos websites e produtos da Igreja, mas pode levar vários anos até que todo material da Igreja tenha sido atualizado”, explicou ele.

Ele disse que o nome da Igreja é um exemplo de como os líderes da Igreja estão conduzindo mudanças. “No passado, os líderes da Igreja se preparavam para uma mudança, faziam todo o dever de casa e anunciavam em um pacote …”, disse Erekson.

“Vimos o Presidente Nelson, anunciar um caminho e admitir que ainda não descobrimos tudo, mas que faremos isso juntos. … De certa forma, isso nos coloca no processo de tornar a mudança uma realidade. ”

Falar sobre a Igreja

Durante o ano passado, os Santos dos Últimos Dias também tiveram que aprender a ser mais precisos na forma como falam sobre a Igreja.

“No passado, você poderia usar uma palavra – ‘Mórmon’ – para significar a Igreja, os membros, a cultura, as tradições. E agora, se você quiser falar sobre tudo isso, é preciso ser mais específico. ”

É um trabalho em andamento, disse Erekson. “Continuaremos a encontrar coisas em um site, no centro de materiais em nossas capelas, em nossas casas, que refletem o uso do nome no passado. É importante para nós dizer: “Tudo bem”.

“Estamos em um processo. Pode levar uma década ou uma geração para terminar toda a mudança ”.

Fonte: Church News

Relacionado:

Igreja de Jesus Cristo atualiza nomes de aplicativos e outros canais

Um comentário em “Após um ano, confira o que mudou no uso do nome da Igreja

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *