O jeito certo de ouvir um discurso

Todos os Domingos, ouvimos 3 discursos. Mas será que estamos tirando pleno proveito deles? Talvez não estejamos. E pode ser que o problema esteja no fato de não ouvirmos da maneira correta.

Um discurso não deve ser tratado como uma notícia que ouvimos no rádio a caminho de casa depois do trabalho. Um discurso não deve ser tratado como aquela música que ouvimos enquanto cozinhamos. Um discurso nunca deve ser considerado como mais um discurso.

Um discurso, pelo contrário, deve ser considerado sempre importante independente de quem seja o orador, porque pode trazer as respostas às nossas orações, força para nossas dificuldades e revelação pessoal.

Quando estamos ao púlpito discursando e vemos que há pessoas que não estão prestando atenção, sentimo-nos tristes porque nos preparamos para aquele momento e estamos ansiosos por compartilhar o que aprendemos. De forma semelhante, acontece com todos os oradores – eles se prepararam e o mínimo que merecem é nossa atenção plena.

Por falar em atenção plena, vale sempre lembrar que enquanto há alguém falando, não é conveniente ficar no celular, trocando mensagens de texto ou vendo as mídias sociais, por exemplo. O momento que dispersamos atenção pode ser o momento que teríamos a resposta que procuramos ou a revelação pessoal que precisamos, já pensou nisso?

Enquanto ouvimos o discurso, é sempre bom tentarmos imaginar as coisas que estão sendo ditas, como imaginar a parábola citada ou a situação/ história mencionada. Se assim fizermos seremos capazes de sentir a influência do Espírito mais próxima de nós, nos instruindo e nos ensinando.

É interessante termos um bloco de anotações (de preferência de papel, para não nos distrairmos no celular), para anotarmos as impressões que sentimos, o que aprendemos, discursos citados para podermos estudar depois e todas as outras coisas que acharmos convenientes.

Os discursos são importantes e preciosas oportunidades de aprendizado. Podemos aproveitar ainda mais os discursos que ouvimos, ao desenvolvermos atenção plena no momento presente. Se focarmos nossa atenção no orador e no que ele diz, sem dúvida alguma iremos aprender de uma forma nunca vista antes.

Comece neste Domingo, deixando o celular de lado durante a reunião sacramental. Se não for possível desligá-lo, deixe no modo silencioso. Talvez seja produtivo desativar o WiFi ou redes móveis também. Leve um bloco para anotações.

Com o encurtamento das reuniões de Domingo, temos ainda menos tempo com os irmãos e irmãs, vale a pena dedicarmos-nos inteiramente a esse momento, de todo nosso coração, poder, mente e força.

The post O jeito certo de ouvir um discurso appeared first on maisfe.org.

Um comentário em “O jeito certo de ouvir um discurso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *