O bêbado e o TJ

Um “TJ”, cheio de boas intenções e de caridade, como praticamente todos eles são, e mais dedicado na obra missionária do que a maioria de nós, os mórmons, encontrou um bêbado, ou melhor (para eu não ser criticado por aqueles chatos que ficam dando lição de moral nesta seção de piadas), um cidadão cujo índice de teor alcoólico no sangue estava mais elevado do que o toledado pela lei, e pergunta: “O senhor gostaria de ser uma testemunha de Jeová?” O cidadão responde: “Como que eu posso ser testemunha, se eu nem vi o crime???”

Enviada por:Elson Carlos Ferreira
E-mail: elsonferreira@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *