Estou disposto a mudar o tipo de pessoa que sou?

Algumas das imagens mais chocantes de destruição para mim são da demolição do prédio anexo ao Templo de Salt Lake. Eu era tão familiarizada com as salas e corredores que as paredes quebradas e as barras de aço penduradas realmente abalam os meus sentidos.

Um amigo com quem trabalhei no Templo de Salt Lake fotografou o progresso da demolição e postou-os na sua conta nas redes sociais.

Estes quartos e corredores pareciam ser tão sólidos e fortes para mim enquanto caminhava, trabalhava e servia dentro deles. Construídos de acordo com a melhor engenharia do seu tempo, os construtores acreditavam que aquele prédio duraria anos. No entanto, aqui estão ele, demolido para permitir que o próprio templo seja reequipado com mecanismos para resistir a terremotos e para dar lugar a um anexo com uma estrutura mais sólida.

Renovação do Templo de Salt Lake Demolições começam pelo Centro de Visitantes Sul

Enquanto observava a progressão da destruição durante a primavera e o verão de 2020, esse processo se tornou uma espécie de metáfora para mim.

As incertezas, realinhamentos e agitação de 2020 exigiram (e continuam exigindo) um olhar introspectivo de como eu me defino e quem eu sou. Você também sentiu isso?

Que tipo de pessoa eu sou? Que tipo de cidadã eu sou? Quem sou eu como mulher? Quem sou eu como membro da minha família e comunidade?

Que tipo de frequentadora de igreja eu sou? O meu relacionamento com Deus é definido por um chamado ou por frequentar a Igreja todas as semanas? Tenho um relacionamento com o Pai Celestial fora do prédio da Igreja? Em que se baseia a minha fé e porquê?

Me defino como uma esposa que vive 24 horas por dia com meu esposo? Como posso definir as expectativas nesse relacionamento? As expectativas são realmente realistas, justas e cheias de amor?

Como é meu relacionamento comigo mesma? Eu sou quem penso que sou? Estou feliz com quem realmente sou?

A linha de pensamento mais interessante para mim foi: “Estou disposta a mudar de ideia ou deixar uma dessas características de lado? De verdade?” Posso mudar para melhorar ou vou ficar desse jeito porque estou na zona de conforto ou porque tenho medo de estar errada?

Estou disposta a mudar como me defino?

As escrituras mostram como é difícil para as pessoas adotar novas formas de pensar—especialmente quando suas identidades foram amarradas nessa linha de pensamento. Mas há um custo para se agarrar a tradições incorretas e sistemas de crenças falsas.

 “Vossa mente escureceu-se por causa da descrença e porque tratastes com leviandade as coisas que recebestes” (D&C 84:54).

“E vem o ser maligno e tira a luz e a verdade dos filhos dos homens pela desobediência e por causa da tradição de seus pais” (D&C 93:39).

Para mim, esta parte do Templo de Salt Lake parecia ser segura e sagrada. Achei que representava um alicerce seguro.

Mas um profeta de Deus determinou que o alicerce poderia ser mais seguro, mais firme e mais robusto para suportar as tempestades iminentes.

Avaliar. Preparar um plano. Fechar para renovação. Demolir. Fazer reparações estruturais necessárias. Reconstruir.

Que metáfora incrível.

Senti que o meu alicerce era seguro e sagrado. Mas, seguir esse exemplo de um profeta de Deus, de receber a revelação do Espírito Santo ao identificar os ajustes a serem feitos e, em seguida, invocar o poder capacitador da Expiação de Jesus Cristo para ser capaz de demolir, fazer os reparos e a reconstrução, faz meu alicerce ser ainda mais seguro, mais firme e mais estável para suportar as iminentes tempestades que certamente virão.

Fonte: LDS Blogs

Relacionado:

Presidente Nelson: “Ame o Senhor com um firme fundamento da fé”

The post Estou disposto a mudar o tipo de pessoa que sou? appeared first on maisfe.org.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *