Élder Cook abençoa filipinos devido a erupção de vulcão

O Élder Quentin L. Cook ofereceu orações e bênçãos a todos os habitantes das Filipinas, em especial para os que foram afetados pelo Vulcão Taal, que está lançando grandes nuvens de cinzas, vapor e pedras por até 14 quilômetros no céu, gerando várias ameaças aos moradores.

“Estamos preocupados com todos os afetados, e esperamos poder contribuir com o que for necessários para abençoar todos independente de sua religião”, disse o Élder Cook, ontem à tarde durante uma reunião com líderes religiosos da área de Manila, no escritório de Área nas Filipinas.

O Élder Cook chegou no sábado ao país com sua esposa, para passar uma semana ministrando a membros e líderes da Igreja, e para reunir-se com os principais líderes religiosos, alguns meios de comunicação, líderes governamentais e líderes humanitários.

A sua participação nas atividades de ajuda humanitária da campanha Light the World de ontem nas Filipinas, foram adiadas.

Evacuação de membros e missionários

Os membros da Igreja que estão dentro da área metropolitana de Manila, e nas cidades de Lipa, Tanauan, Balayan e Agoncillo, estão se reunindo nas capelas durante a erupção.

Todos os missionários que estão dentro da área afetada estão seguros, e foram realocados ou estão em suas casas.

Funcionários do governo emitiram um alerta de nível 4 (sendo que o nível 5 é o mais alto), o que significa que as cinzas vulcânicas moderadas ameaçam Manila, a capital do país que tem uma população de 21 milhões de habitantes.

Devido ao desastre, os compromissos de segunda-feira do Élder Cook, foram adiados.

A bênção especial do Élder Cook aos filipinos

Domingo à noite, ao falar em um devocional para os membros na área de Mandaluyong, o Élder Cook elogiou a resistência dos filipinos diante aos frequentes desastres.

“Sei que que há muitas provações e dificuldades” ele disse. “Os filipinos sempre os enfrentaram de maneira gloriosa. Estive aqui não muito depois da erupção do Monte Pinatubo, e quase um milhão de pessoas tiveram que abandonar suas casas. Mas os filipinos, mesmo quando coisas ruins acontecem, se reúnem, e elevam seus espíritos e sorriem e seguem em frente.”

O apóstolo os abençoou “com a segurança da expiação do Salvador, que traz paz independentemente do que enfrentamos”.

Fonte: The Church News

Relacionado:

Porto Rico sofre com as consequências dos terremotos, membros e missionários servem ao próximo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *