Como devemos interpretar melhor o pecado e o arrependimento

Na A Liahona de janeiro de 2017, o então Presidente Uchtdorf, amavelmente preparou uma mensagem para os membros da Igreja intitulada: “Mirar o centro do alvo.” Essa mensagem compartilha uma envolvente metáfora de como devemos concentrar nossas vidas.

“Recentemente, assisti a um grupo de pessoas praticando tiro com arco. Apenas observando, percebi claramente que, caso se deseje de fato dominar o arco e a flecha, é preciso despender tempo e praticar. Não acredito que você vá ser reconhecido como um excelente arqueiro se disparar uma flecha contra uma parede em branco e depois desenhar os círculos do alvo em torno da flecha. É necessário desenvolver a habilidade de encontrar o alvo e acertar o centro.”

Vemos que dentro dessas poucas palavras da mensagem do Presidente Uchtdorf, contém princípios espirituais significativos, que incluem:

  • Domínio alcançado através do esforço
  • Estar disposto a tentar algo
  • Estar disposto a cometer erros
  • Estar disposto a receber feedback instrutivo
  • Estar disposto a fazer correções
  • O pecado e o arrependimento estão intimamente ligados a esses princípios.

Para entendermos o argumento, vamos nos voltar para o significado original das palavras “pecado” e “arrependimento” em hebraico no Velho Testamento.

Acredito que os significados originais, são muito mais positivamente instrutivos para o nosso crescimento contínuo ao objetivo de nos tornarmos como Deus, do que nossas reações negativas para as palavras “pecado” e “arrependimento.”

Quando aprendemos o significado de “pecado” e “arrependimento” dentro do contexto hebraico original, podemos nos sentir livres para abraçar uma vida coberta pela expiação de Jesus Cristo.

Uma das principais palavras em hebraico para “pecado” é hata, que significa “errar o alvo.”

No arco e flecha, se alguém perde o alvo, não há razão para que eles fiquem bravos ou para pensar que está tudo perdido.

Um disparo perdido no arco e fleche significa simplesmente que o arqueiro precisa reajustar o alvo e tentar de novo.

Sob esta luz, é importante que a palavra em hebraico para arrependimento seja shuv ou “voltar.”

Assim como um arqueiro, que perdeu o alvo precisa “voltar” e “mirar novamente,” a verdade é a mesma para qualquer um de nós que “perdemos o alvo” em nossas vidas. Não há razão para pensar que “perdemos o alvo” que de repente tudo está perdido, e que estamos presos naquilo que temos.

Ao invés disso, podemos abraçar o princípio do arbítrio para voltar o nosso foco para o alvo e tentarmos de novo. Nos voltamos (arrependemos) com a fé de que a estaremos um pouco mais perto da próxima vez e eventualmente não erraremos o alvo (pecado) novamente.

O alvo no qual miramos é Jesus Cristo. Buscamos seguir Ele. Se tropeçarmos ou cairmos, se errarmos o alvo de vez em quando, vamos voltar e mirar novamente Nele. Não precisamos nos sentir inconsoláveis por causa dos nossos pecados, ou por temer o processo de refinar a nossa mira.

Se tivermos fé e acreditarmos, se formos diligentes ao praticar nossa mira, alcançaremos um sucesso magistral através do verdadeiro Mestre, Jesus Cristo.

Fonte: LDSLiving

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *