Como posso dar um Livro de Mórmon a um amigo, sem ofendê-lo?

Pergunta

Nos tornamos amigos do proprietário da academia onde treinamos. Ele compartilhou comigo, um sonho que teve sobre como era o inferno. Ele disse que não era fogo e enxofre, mas uma escuridão total. Ele sentiu que o ‘inferno’ é a falta de Deus. Eu disse que ele estava completamente certo. E falamos sobre nossas crenças de maneira geral. Agora, ele voltou de uma viagem à Guatemala. Ele me contou que mesmo antes de sair do barco, ele sentiu que tinha “chegado em casa”. Ele sente uma conexão com aquele lugar e com aquelas pessoas. 

Senti que deveria dar um Livro de Mórmon para ele. No passado, quando tentei dar de presente um Livro de Mórmon a outras pessoas, o presente foi rejeitado. Eu não quero estragar a oportunidade dessa vez. Você pode me ajudar a encontrar uma maneira de abordar ele, ou o que eu poderia dizer enquanto dou o livro para ele? Orei para saber o que dizer, mas até agora não consegui pensar nas palavras certas para falar.

Karen.

Resposta 

Querida Karen,

Aqui vão duas coisas que você pode fazer. Primeira, coloque uma dedicatória no Livro de Mórmon para que você personalize o presente, por exemplo “para John, com os melhores cumprimentos, Karen,” ou algo do tipo. Assim, você pode dizer para ele que o livro é uma história religiosa dos habitantes aborígenes da Guatemala. 

esperanças em Cristo

Segunda, você pode dar outro livro a ele chamado “Popol Vuh, O esplendor da palavra antiga dos Maias-Quiché de Quauhtlemallan”. Esse livro conta a lendária história dos indígenas Quiché, que viveram na Guatemala e que foram dizimados quando os espanhóis invadiram o país no anos 1500. Essa é uma história incrível, contada pelo príncipe de Quiché, que logo depois de ser capturado, escreveu o livro na língua Quiché com o alfabeto romano. Mais tarde, foi traduzido para espanhol por Adrián Recinos e publicado em 1947. 

O começo do livro apresenta a história da criação pela mãe e pelo pai ‘Deus’, os progenitores. Fala sobre um Deus Redentor, exceto que nesta narrativa os Redentores são irmãos gêmeos. O Livro também fala do povo Quiché vindo do leste, “do outro lado do oceano,”que inclui “uma narração da obscuridade.”

Essas tradições indígenas registradas nesse livro lembram muito o relato do Livro de Mórmon. E como ele tem interesse pela história da Guatemala, dar os dois livros talvez pareça menos proselitismo ao qual algumas pessoas se opõem.

Fonte: Ask Gramps

Relacionado:

Tribo conhecia histórias do Livro de Mórmon antes da chegada dos missionários

Um comentário em “Como posso dar um Livro de Mórmon a um amigo, sem ofendê-lo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *