Terapeuta responde: seguir Jesus e ser gentil significa ser pisado?

Pergunta: Eu estou com um problema. Estou tentando seguir o Salvador e dar a outra face, mas sinto-me tão esbofeteado que minhas bochechas não aguentam mais. Ele nos pede para “andar a segunda milha”, mas sinto que tenho andado centenas de milhas extras. No trabalho, e especialmente com a minha família, parece que ser bom não está me levando a lugar nenhum. As pessoas se aproveitam de mim e não me respeitam. É assim que deveria ser?

Resposta: Pergunta fantástica. Vejo isso regularmente entre os membros da Igreja, uma espécie de confusão cultural sobre quem era Jesus e o que significa esforçar-se para ser como Ele. Crescendo como crianças na Primária, nós cantamos “Ama a seu próximo como Jesus. (……) Gentil e bondoso você deve ser, e o exemplo de Cristo aprender”. (“Eu Quero Ser como Cristo”).

Quando criança, tive uma ideia de quem era o Salvador. Essa ideia era incompleta. Percebi isso quando era adolescente e estava estudando o Novo Testamento no seminário. Bateu-me como um trem de carga, desafiando minhas suposições de longa duração: Jesus nem sempre foi bom. Ele chamou os escribas e fariseus na cara deles de “hipócritas” e “raça de víboras”. Ele advertiu sem rodeios indivíduos e multidões das consequências do pecado, chamando-os de modo direto ao arrependimento. Ele irritou muitas pessoas, tanto que elas tentaram matá-Lo.

Cristo não cedeu ao espírito de discórdia, mas isso não significa que Ele evitava conflitos quando era uma batalha que valia a pena lutar. Seus ensinamentos para “virar a outra face”, “andar a segunda milha” e “amar seu inimigo” são projetados para nos impedir de devolver o mal com o mal, a raiva com a raiva, o ódio com o ódio e a força com a força. Eles são para manter nosso coração cheio de amor para todos e criar em nós um espírito solícito. Ele praticou isso. Mas Ele ainda corajosamente delineou limites e falou o que tinha na mente. Ele ainda faz isso hoje.

O Salvador ama a todos, mas as pessoas que têm um relacionamento com ele são apenas aquelas que respeitam Seus limites e observam as condições que Ele estabeleceu. Então, quem você está deixando entrar pela sua porta? Você precisa estabelecer expectativas mais claras e mais fortes para aqueles com quem você tem um relacionamento? Você está disposto a distanciar-se daqueles que desrespeitam, usam e abusam de você até e a menos que se arrependam de seu comportamento? Você pode perdoá-los. Você pode orar por eles. Mas seguir Jesus significa que você não precisa ter uma relação de confiança com eles, a menos que haja respeito mútuo.

Deus te abençoe. Espero que isso ajude.

Fonte: LDS Living

Relacionado:

Quando sofro injustiça, como devo reagir? Dar a outra face ou lutar?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *