Por que o incêndio em Notre Dame é um símbolo de renascimento durante a Semana Santa?

Benjamin Poussard saiu de sua casa em Paris e dirigiu-se para a Pont de la Tournelle, uma ponte que cruzava o rio Sena. Ele estava esperando encontrar sua esposa para comemorar seu aniversário, então ele viu a fumaça subindo no horizonte, acima da Île de la Cité, a ilha onde fica a famosa Catedral de Notre Dame, no coração de Paris.

“Foi horrível”, disse Poussard, descrevendo como observava as chamas envolverem o teto da atração turística mais visitada da cidade. “Pessoas de toda parte de Paris se reuniram em pontes, observando a fumaça subir”.

Percebendo a magnitude do que estava acontecendo, Poussard correu para casa para pegar sua câmera, retornando ao local onde multidões enchiam as ruas e pontes que cercavam a pequena ilha no centro da cidade.

Membro da Ala Paris de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, Poussard mora a poucos quarteirões de Notre Dame e disse que podia sentir o calor das chamas ao ficar a cerca de duzentos metros da catedral católica para tirar fotos para enviar para a mídia francesa.

Um comentário em “Por que o incêndio em Notre Dame é um símbolo de renascimento durante a Semana Santa?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *