O poder do nome de Jesus

Um nome pode parecer um monte de letras juntas, mas na verdade é uma parte importante de nós. Sem ele, não teríamos muita identidade. Certos nomes equivalem a prestígio e riqueza. Outros carregam o poder com eles. Um desses nomes é o nome do nosso Salvador – Jesus Cristo. Este nome é usado para expulsar demônios (Marcos 16:17), curar os doentes (Tiago 5:14), e dividir o mar (Êxodo 14:21). Mas, o poder do nome de Jesus é real? Como podemos experimentá-lo?

Por que o nome de Jesus é importante?

O anúncio do nascimento de Jesus era tudo menos comum (Mateus 1:18). Um anjo chamado Gabriel apareceu a Maria para informá-la que ela teria o Filho Unigênito do Pai. Apesar de ser virgem, ela concebeu uma criança por meio do Espírito Santo. Esta criança que ainda nem tinha nascido desempenharia um papel significativo por toda a humanidade, o anjo prometido. Mas a profecia não parou por aí. O anjo disse a Maria para dar o nome de Jesus à criança (Mateus 1:21).

Você já se perguntou por que, em meio a tantas coisas que ele poderia ter dito à Maria, o anjo falou sobre o nome da criança? O anjo poderia ter-lhe dito detalhes aparentemente mais importantes, como o que a criança deveria comer, que roupas deveria vestir, que escola ela deveria ir e quais treinamentos a criança deveria receber para estar preparado para o seu futuro. No entanto, ele escolheu conversar sobre o nome da criança – como se saber o nome fosse suficiente para reconhecê-la, como se tudo dependesse disso.

O Anjo Gabriel não enfatizou tanto o nome Jesus só porque ele achava um nome legal. Foi uma diretriz do Pai Celestial (Doutrina e Convênios 18:23). Esse nome acabaria por se tornar uma parte significativa do Salvador e seria conhecido como o único nome pelo qual a salvação pode acontecer (Mosias 3:17). Não há dúvida de que o nome escolhido pelo Pai Celestial e usado pelo Salvador, Jesus, contém poder no sentido mais real.

Qual é o significado do nome de Jesus?

Você sabia que o nome Jesus não era tão incomum assim na época do Salvador? Algumas pessoas tinham o mesmo nome. Dizem que é a forma grega de Josué ou Jeshu, o nome significa “Salvador” ou “Deus é ajuda”. É um nome bonito com um belo significado, o nome mais adequado para o Salvador do mundo, cuja vinda foi profetizada por tantos anos.

O Salvador não é apenas conhecido pelo seu nome de nascimento, Jesus. Ele tem vários títulos dos quais o mais popular é Cristo, significando “o ungido” ou “Messias”. O título de Cristo é quase sempre colocado depois do nome de Jesus, tornando o Salvador conhecido por muitos como Jesus Cristo. Esta é uma combinação perfeita de um nome e um título descrevendo com precisão o papel do Salvador.

Quando é apropriado usar o nome de Jesus?

O respeito e reverência que temos por nosso irmão, Jesus Cristo, deve ser estendido ao Seu nome. Devemos usar o nome do Salvador apenas em lugares e situações apropriadas. Devemos abster-nos de usá-lo em vão (Êxodo 20:7). Aqui estão alguns exemplos onde podemos usar o nome de Jesus Cristo corretamente:

  • Oração

Termine suas orações em nome de Jesus Cristo. Ele é o nosso mediador com o Pai. Se usarmos o nome Dele, Ele entregará as nossas mensagens ao Pai.

  • Realizar ordenanças sagradas

Para que todas as ordenanças sagradas sejam válidas, o nome de Jesus deve ser usado por um portador da autoridade adequada. Estas ordenanças sagradas incluem, mas não se limitam a, batismo, casamento e bênção do sacramento.

  • Compartilhar o evangelho

Missionários em tempo integral de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias são designados e têm a autoridade para pregar o evangelho em nome de Jesus por um certo período de tempo. No entanto, o poder de usar o nome de Jesus quando compartilhamos o evangelho não se limita apenas aos missionários. Nós também podemos compartilhar o evangelho em nome de Jesus por meio de Suas palavras inspiradoras e testemunhos.

O uso do nome de Jesus Cristo não é proibido. Podemos usá-lo sempre que precisarmos. Mas, devemos exercer o julgamento correto ao fazê-lo. O uso do nome de Jesus Cristo deve nos levar para mais perto Dele. Deve nos dar acesso ao poder Dele. Não o use por hábito, pois seu tom sagrado pode se perder. Também devemos encorajar os outros a respeitar o nome de Jesus. Onde e quando apropriado, também podemos aconselhar as pessoas ao nosso redor sobre o uso indevido do nome do Salvador.

Como acessar o poder de Jesus por meio de Seu nome?

Assim como saber que um smartphone existe não é muito útil para se não soubermos como usá-lo, também não seremos capazes de acessar o poder de Jesus Cristo apenas conhecendo o Seu nome. Conhecer o nome de Jesus e dizê-lo por aí é bem diferente de ter acesso ao poder de Seu nome. Há certos requisitos que precisamos para que o nome de Jesus tenha um efeito em nossa vida. Aqui estão alguns deles:

  • Falar o nome Dele com sinceridade.

O nosso desejo e intenção importam quando falarmos o nome do Salvador. Também receberemos a resposta desejada dependendo de nossa fé.

  • Ter atributos como os de Cristo

Primeiro, precisamos ser humildes o suficiente para reconhecer e aceitar Jesus Cristo em nossa vida. Então precisamos usar o Seu nome “com persuasão, com longanimidade, com brandura e mansidão e com amor não fingido, com bondade e conhecimento puro, que grandemente expandirão a alma, sem hipocrisia e sem dolo (Doutrina e pactos 121:41-42).” Não precisamos ser perfeitos, mas devemos estar tentando seguir Jesus Cristo por meio de nossas palavras e ações.

  • Estar dispostos a tomarmos sobre nós o nome de Jesus Cristo

Ter pleno acesso ao poder de Jesus Cristo significa estar dispostos a tomar o Seu nome sobre nós. Isso significa que devemos fazer de Jesus Cristo uma parte significativa – ou melhor, o foco de nossa vida. Devemos honrar o Seu nome e manter a Sua boa reputação agindo de acordo com os mandamentos de Deus. Tomar sobre nós o nome de Jesus Cristo significa viver como o Salvador viveu.

mudanças em janeiro

A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias não está exagerando ao enfatizar tanto o uso correto do nome de Jesus Cristo em sua organização. A Igreja está voltando ao básico, ao seu núcleo e fundamento – Jesus Cristo. Sem o nome de Jesus Cristo, a Igreja perde seu significado. Portanto, é necessário fazer mudanças, como atualizar o nome do site, aplicativos e contas de mídia social para mostrar que seu foco está em Jesus Cristo.

Podemos ganhar tanto ao fazer a mesma coisa em nossa vida. Façam as mudanças necessárias, mesmo se isso significa nos livrarmos de um hábito, talvez, nos distanciarmos de familiares ou amigos que nos levam espiritualmente para baixo, e então nascermos de novo, em nome de Jesus Cristo por meio do batismo. Ao nos centralizarmos em Jesus Cristo e voluntariamente e sinceramente tomar sobre nós o Seu nome, sentiremos a influência de Seu poder infinito em nossa vida.

Fonte: faith.ph

Recomendado:

Por que a palavra ‘restaurar’ é citada mais de 20 vezes no Vem, e Segue-Me desta semana?

The post O poder do nome de Jesus appeared first on maisfe.org.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *