Graça: O poder capacitador e o dom do amor de Deus

O evangelho de Jesus Cristo é a maravilhosa notícia de que nosso Pai Celestial e Seu Filho Jesus Cristo não se esqueceram de nós. Todos pecamos e destituídos estamos da glória de Deus, mas Eles proveram o caminho pelo qual podemos ser redimidos da miséria do pecado, vencer tentações e fraquezas, ser santificados e encontrar a vida eterna e alegria no Reino de Deus.

O apóstolo Paulo ensinou que, pela graça de Deus – que nos foi dada com amor através do Redentor Jesus Cristo -, podemos nos tornar novas criaturas. A graça é o poder divino que nos capacita e nos santifica, que nos dá forças para superar a fraqueza mortal, influências pecaminosas, para nos tornar como Ele é. Quando cremos em Jesus Cristo, nos arrependemos de nossos pecados. Somos batizados por imersão, que simboliza a morte da nossa antiga vida de pecado e a nossa ressurreição como novas criaturas em Cristo (Romanos 6: 3-5).

Mulher busca reconhecer experiências espirituais na investidura

Isso, no entanto, não é o fim de nossa jornada espiritual, pois ainda enfrentaremos desafios, tentações e provações à medida que continuamos no caminho do convênio ao longo de nossas vidas. Como discípulos de Cristo, os membros da Igreja de Jesus Cristo têm acesso ao dom do Espírito Santo, que nos guia e nos mostra nossas fraquezas e onde precisamos melhorar. Esse dom nos ajuda a reconhecer o quanto dependemos realmente do Salvador para nos ajudar.

Em sua época, Paulo advertiu os Santos, de que eles não deveriam ser descuidados em seu discipulado ou tratar com leviandade a graça que o Salvador oferece (Romanos 6: 1–2, 10–23). Sua graça é uma oportunidade preciosa para vencer os pecados e as fraquezas e, assim, aumentar a felicidade e alegria em nossas vidas.

Podemos ser santificados pela graça do Senhor se nos esforçarmos para “amar e servir a Deus com toda nossa mente e força” (Doutrina e Convênios 20:31), mas devemos ser fiéis e perseverar até o fim, já que “ existe também a possibilidade de que o homem caia da graça e se aparte do Deus vivo ”(v. 32). Podemos receber mais força e poder através da oração e seguindo o conselho dos servos vivos do Senhor (ver Doutrina e Convênios 21: 4–6).

O profeta Jacó, no Livro de Mórmon, ensinou: “Portanto, reconciliai-vos, meus amados irmãos, com a vontade de Deus e não com a vontade do diabo e da carne; e lembrai-vos, depois de vos reconciliardes com Deus, de que é somente na graça e pela graça de Deus que sois salvos.” (2 Néfi 10:24). Ao confiarmos em Deus diariamente, nos arrependemos quando erramos e pedimos ajuda e força para melhorar, Ele nos abençoa com poder e santifica nossos corações.

Como o Élder Dieter F. Uchtdorf ensinou, a graça do Senhor abre as janelas do céu “por meio das quais Deus derrama bênçãos de força e poder, permitindo que alcancemos o que de outra forma estaria muito além de nosso alcance. É por meio da surpreendente graça de Deus que Seus filhos podem vencer as correntes subterrâneas e a areia movediça do inimigo, podem erguer-se acima do pecado e “[serem] perfeitos em Cristo”.

Fonte: Book of Mormon Central

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *