Tudo o que precisamos saber sobre os animais e o plano de salvação

George Eliot disse certa vez: “Os animais são amigos muito agradáveis – eles não fazem perguntas, eles não fazem críticas.” Eu adoro essa citação, embora a cara com que meu cachorro me olha quando eu não dou a ele um pouco da minha comida no jantar me faz questionar a precisão da segunda parte da citação.

Verdadeiramente, os cães são os melhores amigos do homem. (Ou talvez você prefira os gatos. Um amigo mais apático? Mas nós os amamos mesmo assim.) Eu não posso imaginar a vida sem meus queridos peludinhos, e a ideia de nunca mais vê-los depois dessa vida me deixa angustiado.

Felizmente, de acordo com várias fontes santos dos últimos dias, nós veremos nossos queridos amigos novamente.

A ressurreição

Todos os animais têm espírito e, portanto, irão ressuscitar. Na conferência geral de outubro de 1928, Joseph Fielding Smith disse:

“Assim, vemos que o Senhor pretende salvar não apenas a terra e os céus, não apenas o homem que habita a Terra, mas todas as coisas que Ele criou. Os animais, os peixes do mar, as aves do ar, assim como o homem, todas as coisas serão renovadas através da ressurreição, pois eles também são almas viventes.”

Da mesma forma, o próprio Joseph Smith declarou:

“Alguém pode dizer: ‘Eu não posso acreditar na salvação de animais’. Qualquer homem que lhe disser que isso não poderia acontecer, dirá que as revelações não são verdadeiras. João ouviu as palavras dos animais dando glória a Deus e compreendeu-as ”(Documentary History of the Church, vol. 5).

Mas eles viverão conosco?

Então, claramente, os animais “desfrutarão de algum tipo de salvação e imortalidade”. Mas essa resposta, embora reconfortante, é relativamente vaga. Sabemos que eles vão desfrutar da salvação, mas o que exatamente isso significa?

Sobre o assunto de estar com nossos animais e animais de estimação no futuro, o Dr. Gerald E. Jones (ex-diretor do Instituto de Religião de Berkeley, Califórnia) disse:

“Não há revelações sobre este assunto. A razão nos diria que um fazendeiro pode não querer todo o gado que ele possuiu durante sua vida. Por outro lado, os laços afetivos podem ser honrados e os animais de estimação da família podem ser restaurados a seus donos na ressurreição. O Élder Orson F. Whitney escreveu que Joseph Smith esperava ter seu cavalo favorito na eternidade. ”

Certamente, se Joseph esperava ter seu cavalo favorito no céu, podemos esperar passar tempo com nossos bichinhos de estimação no céu – desde que os tratemos bem nesta vida.

O senhor ama os animais

Nosso Pai Celestial e o Salvador estão cientes e amam todas as suas criações:

No Novo Testamento, Cristo falou sobre pardais que foram vendidos. Ele explicou que “nenhum deles é esquecido diante de Deus”(Lucas 12: 6). Da mesma forma, o Senhor disse no livro de Moisés: “Todas as coisas são contadas para mim, porque são minhas e eu as conheço”.

Todos sabem que, se você realmente ama alguma coisa, você a protege e cuida dela – e Deus é o maior protetor de todos. Faz sentido, então, que Ele despreza qualquer mau trato dos animais. Ele nos advertiu em Doutrina e Convênios:

“Porque eis que as bestas do campo e as aves do ar e aquilo que provém da terra foram estabelecidos para uso do homem, para alimento e para vestuário e a fim de que ele tenha em abundância. E ai do homem que derrama sangue ou desperdiça carne sem necessidade.” (D&C 49:19,21)

Enquanto o Senhor tolera o uso de animais como alimento e vestuário necessário, Ele claramente refuta a desnecessária matança e dano dos animais.

Joseph F. Smith, em um editorial de 1912, escreveu “Kindness to Animals”, explicou:

“A bondade para com toda a criação animal e especialmente para todos os animais domésticos não é apenas uma virtude que deve ser desenvolvida, mas é o dever absoluto da humanidade. É injusto tratar qualquer criatura cruelmente. (…) Quando a humanidade aceitar e respeitar o sentimento de Cristo expresso nas palavras: ‘Não faça aquilo que não quer que te façam,’ será um dia abençoado”

A bondade e o amor aos animais é claramente uma qualidade divina – e é exatamente por isso que acredito, como acreditava o profeta Joseph, que estaremos com nossos amados animais por toda a eternidade.

Fonte: ThirdHour

Relacionado:

O Cão de Estimação do Profeta Joseph Smith

The post Tudo o que precisamos saber sobre os animais e o plano de salvação appeared first on maisfe.org.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *